BioTerra

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Componentes das células eucarióticas

As células apresentam uma grande variedade morfológica, de acordo com o organismo a que pertencem e com a função que desempenham. O microscópio electrónico permite identificar os constituintes das células e assim estabelecer as diferenças estruturais entre os constituintes. Que serão analisadas em seguida.



Membrana plasmática: é o invólucro que mantém a integridade celular, separa o meio intracelular do meio extra celular e é a principal responsável pelo controlo das trocas entre a célula e o seu meio ambiente, quer se trate de um meio líquido ou de outras células. A membrana permite a passagem de algumas substâncias mais facilmente que outras. Esta importantíssima propriedade é chamada de permeabilidade selectiva da membrana

Núcleo: é geralmente o maior organelo da célula, funcionando como centro de controlo da célula, contém o ADN e é limitado pela membrana nuclear.


Mitocôndrias: estão envolvidas em processos de obtenção de energia por parte da célula, são a sede de importantes fenómenos respiratórios.

Cloroplastos: são organelos que possuem dupla membrana e estruturas lamelares mergulhadas no estroma, é nos cloroplastos que ocorre a fotossíntese.

Vacúolos: são organelos de tamanho variável, rodeados por uma membrana, podem armazenar gases, pigmentos, açúcares, proteínas ou outras substâncias, participa no equilíbrio hídrico da célula.

Parede celular: confere e envolve as células conferindo-lhes protecção, rigidez e resistência.

Centríolos: intervêm na formação do fuso acromático na divisão celular.
Retículo endoplasmático: consiste num sistema de sáculos, vesículas e interligados onde se circulam materiais produzidos pela célula. Pode ser liso (agranular) ou rugoso (granular). Este último está ligado ao núcleo e coberto por ribossomas e envolvido na síntese de proteínas. O retículo endoplasmático liso está associado à produção de lípidos e hormonas.

Aparelho ou complexo de Golgi: tem como funções a acumulação e o transporte de proteínas, intervém em fenómenos de secreção.

Lisossoma: organito onde ocorre a decomposição de moléculas e estruturas celulares.

Ribossomas: responsável por uma etapa da síntese proteica por vezes associadas ao retículo endoplasmático.

Citosqueleto: responsável pela forma da célula consiste numa rede de fibras intercruzadas.


Reflexão:
Na minha opinião podemos considerar a célula um sistema aberto, pois contém um grupo de elementos em interagem entre si ou, de uma forma mais completa, é um conjunto de elementos em interacção dinâmica, organizados em função de um objectivo. É aberto, porque constantemente ocorrem trocas com o meio em que se insere, ora recebendo deste (energia, matéria, informação), ora fornecendo-lhe algo (excreções, etc.).Embora todas as células possuam membrana, citoplasma e núcleo. Assim, verifica-se que as células vegetais têm parede celular e cloroplastos que não existem na célula animal. Por outro lado, esta possui centríolos.
O Homem deve assim grande parte conhecimento celular, ao microscópio electrónico, sem ele tal não seria possível!



Fontes:

http://www.infopedia.pt/$celula-eucariotica

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]



<< Página inicial