BioTerra

quarta-feira, 18 de março de 2009

Obtenção da matéria pelos seres heterotróficos

Os seres heterotróficos necessitam de obter matéria orgânica do meio ambiente, já que não a conseguem produzir. Esta matéria orgânica é ingerida sob a forma de alimentos que podem, depois, ser metabolizados em energia ou incorporados nas células.

A digestão intracelular ocorre no interior da célula e resulta da acção das enzimas hidrolíticas. Esta simplificação de moléculas (nutrientes) ao nível celular está, normalmente, associada à fagocitose.

Os seres pluricelulares alimentam-se de macromoléculas que necessitam de sofrer digestão extracelular antes de serem absorvidas. Para tal, os organismos mais desenvolvidos possuem sistemas digestivos que, apesar de se encontrarem no interior do organismo, são a continuidade do meio externo.

O tubo digestivo pode ser:
  • Incompleto: possui apenas um orifício, que funciona como boca e como ânus. O alimento é ingerido através desse orifício, entra na cavidade digestiva, onde é digerido por enzimas, é absorvido e os restos da digestão são eliminados pela mesma abertura. Como é os caso da planária.


  • Completo: possui duas aberturas, uma boca e um ânus. O alimento desloca-se apenas numa direcção, ocorrendo uma digestão sequencial e a absorção dos nutrientes. Ex: minoca.

Reflexão:

A digestão é um processo de obtenção de energia fundamental para todos os seres vivos. No entanto, os seres que possuem um tubo digestivo completo podem consumir maiores quantidades de alimento, pois a digestão processa-se de uma forma sequencial e que assim não necessitam continuamente de captar alimentos. Assim, conclui-se que os seres dotados de um tubo digestivo completo são «mais evoluídos» do que os que possuem um tubo disgestivo inompleto.

Fontes:

http://sites.google.com/site/geologiaebiologia/obteno-de-matria-pelos-seres-heterotrficos

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]



<< Página inicial